Ética no trabalho e nos negócios.

“Quando em dúvida, diga a verdade”. Mark Twain, escritor americano.

Você já foi colocado numa situação em que sua ética foi testada? Como você agiu? Fez o que achou mais correto ou foi influenciado? Se você optou pela saída que considera justa, saiba que o mercado dá sinais de que vai valorizá-lo.

Se na política a ética é constantemente colocada na berlinda, no mundo do trabalho ela é pré-requisito do profissional moderno e por vezes, o ingrediente capaz de sedimentar relações que irão durar toda uma vida.

Em recente pesquisa realizada por uma agência de empregos, a ética e a honestidade figuraram como principais características que as empresas buscavam num profissional a ser contratado. Ou seja, não tenha dúvidas sobre qual caminho trilhar.

Confira abaixo algumas das principais características e a forma comumente adotada pelo profissional ético dos dias de hoje.

1 – Honestidade: Deve figurar entre as virtudes de um negócio, independente da situação. A credibilidade só nasce de uma relação franca.

2 – Coragem: O profissional ético assume as decisőes que toma, mesmo que seja preciso ir contra a opiniăo da maioria.

3 – Tolerância e flexibilidade: Um líder deve ouvir as pessoas e avaliar as situaçőes sem preconceitos. Uma das 50 liçőes de liderança de Tom Peters: “líderes entendem o poder supremo dos relacionamentos”.

4 – Integridade: Ou seja, agir dentro de seus princípios éticos, seja em momentos de instabilidade financeira, seja na hora de apresentar ótimas soluções.

5 – Humildade: Essa competência distingue o profissional moderno dos outros. Ele sabe reconhecer que o sucesso individual é resultado de trabalho em equipe.

Trechos extraídos do livro “Nem só de marketing…” de autoria de Roberto Teixeira Costa e Susanna Sancovsky

autor Tininha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *